Aos amigos

Um início incerto e incomum, onde muitos desconhecidos começaram a fazer parte de nossas vidas. Tantas histórias desvendadas. Agora é hora de olhar para trás e reviver essas experiências. Não imaginávamos que o resultado seria tão grandioso. Passamos por obstáculos, pedras no caminho, mas também encontramos apoio, muita ajuda por sinal. E o resultado está aí.

Neste post, deixamos registrado toda a nossa gratidão por aqueles que de uma forma ou de outra, contribuíram para o sucesso do BlogDuMercado. E se você está pensando que acabou! Enganou-se, nosso trabalho no Mercado Público só está começando!






video




Agradecemos aos comerciantes, aos anônimos e todos que contribuíram para o nosso crescimento acadêmico e cultural. Obrigado aos nossos seguidores e comentaristas do blog que participaram com sugestões, críticas, elogios, ou apenas votando na enquete.

Por fim, como não podia deixar de ser, somos imensamente gratos pelo empenho de todos os professores e dos colegas de aula que tanto torceram por nós. Obrigado!!!

Equipe BlogDuMercado

Comentários

Gastronomia é a opção mais procurada




Foto: Luzia Vidal



Com 59 votos, a gastronomia do Mercado é a preferida entre os leitores do blog. “O que você procura no Mercado Público?”, foi a primeira enquete realizada pelo site. A pesquisa teve a participação de 169 pessoas e aconteceu entre os dias primeiro e 18 de novembro.

Entre as outras opções, o peixe fresco da ala sul terminou como o segundo mais procurado entre os pesquisados (43 votos). O lazer ficou em terceiro (35 votos). Finalmente, o comércio em geral encerrou em quarto (32 votos). No espaço, além de você encontrar os produtos e serviços, o visitante aproveita para participar e reviver a história de Floripa.

Esta diversidade atrai pessoas de todos os cantos da cidade, além dos turistas do Brasil e do mundo. São 110 anos de existência com manifestações democrática e popular no ponto mais tradicional de Florianópolis. O "Shopping do povão", como é carinhosamente apelidado pelos comerciantes do Mercado, conta com um cenário que encanta e conquista todos que passam ou frequentam o local.

Postado por Evandro Bossle
Comentários

O Relógio do Mercado



O jornalista Oscar Lobo homenageia o Mercado Público com a poesia "O relógio do Mercado". A grata surpresa aconteceu após convidarmos o jornalista para conhecer o BlogDuMercado.

No primeiro semestre deste ano, Oscar participou de outro trabalho acadêmico. Na ocasião, o jornalista concedeu uma entrevista de rádio.

O apoio e o carisma desta grande personalidade dos meios de comunicação fez com que o medo de falar em uma rádio pela primeira vez, desaparecesse. E no lugar, só sobrou espaço para um agradável bate papo.

Oscar Lobo tem grande experiência em rádio e jornal. O destaque ficou por conta da famosa frase "Em Brasília, 19 horas!", no qual iniciava o programa "A Voz do Brasil" na RádioBras, até 1995.


Mas vamos ao que interessa!
Em primeira mão para os nossos leitores.


O relógio do Mercado

Tique-taque, tique-taque...
que tempo é esse, tão fugaz
Sons perdidos, sem destaque,

Vozes que ecoam para trás?

Paixões distantes, caladas,
Em seu coração contidas,
Memórias aprisionadas
Em suas lentas batidas.

Te vejo assim, imponente,
A vigiar o mercado
És testemunha presente
Do futuro e do passado

Mercado Público, agora,
Anda muito agitado,
Teu tique-taque da hora
Parece atropelado.

O teu tique-taque amigo
Presenciou tristezas, dores,
E sendo assim, tão antigo,
Marcaste encontros, amores.

Em tua memória resta
Tantos barcos atracados
Os pescadores em festa
Desembarcando pescados

Casais felizes passavam,
Tão lindos, de braços dados,
Beatas que só rezavam
Purgavam os seus pecados.

Homens vendendo pombinhos,
que traziam na balaias
Meninas com seus alinhos,
com belas e longas saias.

Ah, que saudades eu tenho
Dessas lembranças tão ternas
Dos bons tempos do engenho
Das pombocas, das lanternas

Para mim soa tão belo,
Que me deixa emocionado,
O tique-taque singelo
Do relógio do mercado.


Postado por Emanuel Soares
Foto: Luzia Vidal
Comentários

Encontro dos Bois de Norte a Sul







O Encontro dos Bois de Norte a Sul que aconteceu em Florianópolis, encerrou ontem, dia 14 de novembro. Durante o evento, o público pode apreciar as apresentações de grupos folclóricos de seis estados brasileiros e participar também de oficinas e debates sobre o assunto. O destaque ficou com o Bumba-meu-boi de São Luís do Maranhão, da Companhia Barrica que emocionou os presentes com a bela performance no palco.

No sábado, o público também se divertiu com participantes da Grande Florianópolis, em especial com o Grupo Alevanta Meu Boi da praia dos Ingleses. A festa terminou as 22 horas com Cultural & Parafolclórico Eco Marajoara da ilha de Marajó/PA. "É gratificante assistir e participar de um evento que mostra a cultura dos bois bumbá que parecia estar com os dias contados. A festa é linda, espero voltar no próximo ano e ter o privilégio de ver mais da cultura dos bois", afirma a turista Maria de Lourdes de São Paulo.

Postado por Luzia Vidal
Comentários

"Já di" a dica!


Você sabe dizer o que um istepô do sul da ilha fala quando vai ao Mercado público? É bem possível que sim, ou talvez não. Na dúvida, fique ligado!

E para nos ajudar nesta difícil empreitada, contamos mais uma vez com o Dicionário da Ilha - Falar & Falares da Ilha de Santa Catarina do nosso querido amigo Fernando Alexandre.


Alifante
– Elefante.

Alumiação – Acender velas, dar a luz, brilhar, festejar.

Amiga – Amante.

Apertume – Aperto, sufoco.

Aribú – Urubu.

Arrombassi – Elogio ou afronta, ou os dois juntos.

Atentá – Aporrinhar.

Avião de rosca – Helicóptero.

Azúli – Azul.

Biacu – Peixe Baiacu.

Bilro – Instrumento utilizado para fazer renda.

Boi ralado – Carne moída.

Caldo – Prato típico da ilha com frutos do mar.

Calhau – Coisa grande.

CDF – Pessoa inteligente, Abreviatura de “Cu de ferro”.

Conduto – Prato principal da refeição.

Degavar – Devagar.

Degavarinho – Devagar.

Deitar o cabelo – Ir embora.

Desinfeliz – Infeliz.

És o maió – És o melhor.

Fêgi – Fez.

Ferrado – Bêbado.

Gauncho – Gaúcho.

Gaviota – Gaivota.

Grado – Grande.

Já di – Já dei.

Lance – Ato de pegar cardume.

Malino – Pessoa malvada.

Manezinho – Nativo da ilha, nome de peixe.

Pamonha – Tolo.

Relo – Mal vestido.

Súli – Sul.

Supapo – Tapa forte.


Postado por Evandro Bossle
Comentários

BlogDuMercado vira notícia na TV



A equipe BlogDuMercado fala sobre o planejamento e a montagem de todo o trabalho acadêmico para o programa "Você Precisa Saber", da Record News. A entrevista foi concedida no dia 09 de novembro e contou com a participação de três dos quatro integrantes do grupo: Evandro, Emanuel e Marcieli. Para você que não viu ou deseja rever, confira agora o bate-papo descontraído que rolou na TV.



O programa "Você Precisa Saber" vai ao ar pela Record News, de segunda a sexta-feira, às 13h. O quadro foi apresentado pelo jornalista Jaime Júnior e teve duração aproximada de oito minutos. Vale a pena conferir!


Postado por Luzia Vidal

Comentários

Entenda porque o "DU" e não o "DO"




Outro dia, um amigo olhando o BlogDuMercado, veio questionar o porquê da utilização da expressão “DU” no lugar da preposição “DO”. Caros leitores, com uma cara de sarcasmo, respondi por que sou aluno da Professora Sílvia. Claro que ele não entendeu e ainda fez uma cara de “Vai te catá!”. É bem provável que somente quem participou de aulas com a professora da disciplina de Teoria da Comunicação iria entender tal explicação.

Foi numa dessas aulas que decidimos o nome do blog. Ser aluno da Sílvia é uma brincadeira da própria professora que usa a frase para responder aos alunos desavisados, aquelas perguntas sem sentido. Mas vamos ao que interessa!

Estudando a sonoridade das palavras, entendemos que a troca dos dois termos deveu-se à preferência do falante brasileiro pela segunda articulação no lugar da primeira. Em outras palavras, seria o desejo natural pela letra “u” em detrimento da letra “o”.

A razão é simples. Em língua portuguesa, as preposições são átonas, e nessa posição as vogais perdem sua "estabilidade" articulatória. Assim, em sílabas átonas, as vogais anteriores - é, ê, i - são intercambiáveis. O mesmo se dá com as vogais posteriores ó, ô, u. Então, palavras como "menino" são pronunciadas no Brasil como "mininu", "méninu", "mênínu" ou "ménino".

Existem muitas possibilidades de variação articulatória dessas vogais, mas a preferência entre os brasileiros é pela posterior "u" e pela anterior "i". Após essas aulas, foi fácil definir o nome BlogDuMercado.

Qualquer dúvida, você pode consultar a obra Introdução à Fonologia do Português de Regina Célia Pagliuchi da Silveira – São Paulo / 1982; todas as informações foram retiradas deste livro. Outra forma mais divertida e gostosa de entender, é matriculando-se em um dos cursos ministrados pela Sílvia.


Postado por Evandro Bossle
Comentários


www.blogdumercado.blogspot.com

Este site utiliza template free retirado de btemplates.com, criado por EZwpthemes.
O layout foi personalizado pela equipe BlogDuMercado.

Melhor visualizado em tela com resolução 1024x768px ou superior.
O Blog está licenciado sob o Creative Commons Licença 2.5 Brasil.